O convidado VIP

Acabou o termo: “ARROZ DE FESTA”, agora ele passou a ser convidado VIP !!!

Pois é gente, o arroz se tornou o garoto propaganda do aumento dos preços da cesta básica durante a pandemia e é sobre isso que vamos escrever hoje.

Você já ouviu falar da LEI DE OFERTA E PROCURA ?

Segundo os economistas trata-se da formação de preços no mercado, entre o preço oferecido e o preço procurado. Em uma economia equilibrada os consumidores procuram cada vez mais, quanto menor for o preço. Já as empresas ofertam com o preço relativo a quantidade, ou seja, quanto maior a quantidade maior o preço.

Entre a oferta e a demanda existe um equilíbrio, que é representado pelas curvas da oferta quando se cruzam com a curva da procura, havendo um preço de equilíbrio no mercado.

Mas o que está acontecendo com os preços ? Com o arroz por exemplo ?

Pois bem, não é somente com o arroz, vários produtos da cesta básica tiveram aumento de preços durante a pandemia e talvez este aumento não respeitos a Lei da Oferta e Procura. O correto seria equalizar os preços principalmente dos itens mais consumidos e entre ele está o arroz.

Eu não vou aqui falar sobre economia, curva de preços, mercado interno e externo mas vamos focar no arroz, porque ele chamou tanto a atenção ?

Junto com o feijão, o arroz está presenta na maioria das refeições diárias dos brasileiros, faz parte da nossa cultura e logicamente seu preço elevado iria surtir efeito e chamar a atenção.

Na tabela abaixo podemos ver como está dividido o prato do brasileiro, o arroz lidera o ranking como o principal elemento da dieta no Brasil.

Ele é não perecível, barato e fácil de preparar. combina com tudo. podemos substituir o tipo de carne, deixar o filé e comer frango mas sem o arroz…. ai o bicho pega…

o arroz está na presente na alimentação do homem há pelo menos cinco mil anos, começa lá na Ásia, chamado de arroz d´agua viaja pelo mundo, desembarca no Brasil em 1530 e logo ganha a mesa popular.

hoje está mais refinado, pode ser parbolizado, integral, multi grãos, de diversos tipos. risoto, paella, mas tambem não deixou de ser simples como arroz de carreteiro, bife arroz com fritas, arroz com ovo.

Por isso todo mundo se assustou, mexa com todo mas não toque no meu arroz

AGORA, SE O ARROZ SE TORNOU UM ITEM CARO, COMO POSSO SUBSTITUIR ?

Podemos sim, se pensarmos em fonte de nutrientes, o arroz é rico em carboidratos, fibras, minerais e óleos essenciais mas se for necessário mudar temos alternativas.

Batata-doce, Mandioquinha, Mandioca, inhame, Quinoa, cuscuz marroquino, milho, todos tambem ricos em nutrientes e populares, acho que chegou a hora de modernizar nosso habito alimentar.

A pandemia nos ensinou que precisamos nos reinventar, se adaptar às adversidades ou no caso de agora, a alta de preços. claro que isso vai durar pouco tempo, é só lembrar o que aconteceu com o tomate dois anos atras, quando tivemos aumentos de até 146%.

Logo o arroz voltará ao seu preço equilibrado com a lei da oferta e procura. até lá, se quiser mudar, alternativas não faltam

Vou deixar aqui uma receita de arroz de couve flor, uma ótima dica para substituir o tradicional cereal.

ARROZ DE COUVE FLOR

Ingredientes:
1 cabeça de couve flor
1 dente de alho picadinho
1/2 cebola média picada
Manteiga a gosto
Sal a gosto
Cheiro Verde a gosto

Modo de Preparo
Lave bem a couve flor, separe as flores.
Coloque dentro de um processador de alimentos, e triture no modo pulsar.
Em uma panela refogue a cebola picada e o alho na manteiga.
Quando o alhou começar a doourar, adicione a couve flor tirurada.
Refogue por 4 minutos em fogo baixo, não deixe queimar.
Desligue o fogo, tempere e pronto!
DICA: Você pode acrescentar o que quiser, frango desfiado, vegetais, castanhas, etc…