Fazer Gastronomia ou Fazer Comida ?

Pode parecer estranha esta pergunta mas de um tempo para cá ficou inevitável colocar dos dois lados da balança esta duvida. O que hoje mais vale a pena ?

tmg-article_default_mobileDigamos que de um lado está o pseudo glamour que muitos acham que podem alcançar. Dentro de um mercado fechado, cheio de “panelas” poucos chegam à notoriedade com as próprias pernas. Se faz necessário fazer parte de um seleto grupo de amigos que se apoiam e acabam criando universos impenetráveis.

Dentro deste universo existe um tipo de gastronomia que, aos meus olhos, está se tornando chata. Uma comida sem alma, uma falsa sensação de estar saciado, cozinheiros que falam conosco como se estivessem fazendo uma narrativa de fábulas de Walt Disney, usando até um estilo de voz melódico e beirando a imbecilidade onde tudo é maravilhoso e especial.  O termo “fazer gastronomia” está muito ligado ao que encontramos hoje, mídias, fotos, flashs, oba-oba. Dolmãs que mais parecem adabás carnavalescos. Onde está o branco ?? Cozinheiros com assessoria de imprensa, redes sociais com feeds e stores onde o que mais falta é comida. Projetos, projetos e projetos. Bonés, aventais. A comida deixou de ser o produto a ser consumido. Estamos comendo histórias !!

tmg-gift_guide_default;jpeg_quality=20

Fazer comida nos faz voltar à verdadeira raiz, ter o pé no chão. Comer besteira, devorar um “podrão”  sem o medo de ser flagrado. Paneladas, comida gordurosa, lamber o prato. Pegar o osso da rabada com as mãos. Fazer comida para comer, colocar em qualquer tipo de louça, beber  o refrigerante no copo de geleia de mocotó e quando der, limpar a boca com a manga da camisa. Atire a primeira pedra quem nunca fez isso !!!

Deixando de lado esta metáfora exagerada sobre a comida dita “ogra”, precisamos a voltar mais leves e deixar de lado esse “mundo de unicórnio” que vivemos. A gastronomia está “sem sal”.  Tudo é gourmet, light e diet, fitness ou orgânica. Cozinhar com tradição, com aquela fruta pouco explorada não nos obriga a ser moradores de uma bolha onde as nuvens são de algodão doce e os rios de milk-shake. Vamos crescer um pouco !!!!

Para muitos está sendo mais prazerosa uma roda de amigos comendo pizza com a mão do que ficar fantasiado a comida, que de tanto efeito especial hollywoodiano, quando vamos comer já está frio…. (sic)

Fazer gastronomia é fazer comida. O resto é conversa para boi dormir…