Panela de Ferro é que faz comida boa

InstagramCapture_0370f108-1bf6-4f67-8ffa-664295c4a43dSonho de consumo de 10 entre 10 cozinheiros, a panela de ferro é o utensílio de cozinha mais cobiçado dentro da cozinha. Tão antiga quanto a Faca, este artefato viajou ao longo da historia da alimentação humana independente do nível social. Em cozinhas simples ou sofisticadas, o calor que a panela produz sempre atraiu e transformou os sabores.

O principal atrativo da panela de ferro é a concentração de calor que o metal proporciona. Lógico que o material utilizado para sua produção deve ser de ferro puro, o chamado ferro fundido. Por volta de 3,5 mil anos atrás o homem já dominava muito bem a metalurgia, passando a fabricar o ferro, usando fornos em altas temperaturas. Com o ferro, o homem passou a desenvolver, principalmente, armas mais resistentes. O domínio dos metais também possibilitou ao homem deste período a fabricação de utensílios domésticos, assim surgem as panelas, caldeiras e chapas.

Para produzir uma panela de ferro, a maioria dos fabricantes seguem estas etapas:

  • Os utensílios de ferro são moldados em uma areia preparada para o processo.
  • Os moldes recebem o ferro gusa derretido a uma temperatura máxima de 1400º C.
  • Assim que o material esfria, são feitas a desmoldagem e a limpeza das peças.
  • Em seguida, os utensílios recebem o acabamento e seguem para uma cura, a 250º C
  • Depois que esfriam, a panela está finalizada e pronta para o uso.

No Brasil esta tradição do uso de panelas de ferro chegou juntamente com os colonizadores portugueses. A região de Minas Gerais tornou-se a principal área produtora destas panelas. Tornaram-se patrimônio cultural mineiro. Como não resistir uma Costelinha frita à Moda Mineira ? Impossível. Na Europa a tradição do uso de panela de ferro é muito antiga. Portugueses, Espanhóis, Franceses, se renderam ao seu cozimento.

23052014456le-creuset-e1386915642689Quando falamos de panelas de ferro de primeira linha, não podemos fugir de um nome: Le Creuset. Fundada em 1925 por dois artesões belgas: Arnaud Desaegher (especialista em ferro fundido) e Octave Aubecq (especialista em esmaltação). Eles começaram uma modesta produção de panelas esmaltadas de ferro fundido em Fresnoy Le Grande, um pequeno vilarejo localizado no norte da França. Em 1930, a LE CREUSET começou a desenvolver uma gama variada de produtos: panelas, travessas e utensílios para cozinha.

Cuidados para preservar a sua Panela de Ferro:

panela-de-ferro-restauranteSempre após lavar a panela leve-a para secar sob uma fonte de calor que pode ser o sol, um fogão à lenha ou mesmo a chama de um fogão à gás. Isso vai eliminar toda a umidade evitando a ferrugem.
Se algum ponto de ferrugem surgir ele deve ser removido imediatamente. Para isso utilize uma esponja de aço.
Se a ferrugem atacou de vez, uma forma de facilitar a sua remoção é deixar a área afeta ou mesmo toda a panela de molho em vinagre comum por 30 minutos. Depois utilize uma escova de aço para remover o grosso da ferrugem e, em seguida um palha de aço para finalizar. Feito isso, lave bem a panela

Agora que você conhece um pouco mais sobre a Panela de Ferro, que tal usá-la ? Vamos reproduzir uma receita que certamente ficará melhor na sua panela.

Se não tem, compre através destas lojas virtuais:

www.apaneladeferro.com.br
www.panelamineira.com.br
www.lecreuset.com.br
www.casadicor.com/staub

blog-minas-600x400Costelinha de Porco à Mineira

1 kg de costelinha de porco
1 cebola grande
3 dentes de alho
4 colheres de molho shoyu
uma pitada de pimenta moída
1 colher de banha de porco
1 1/2 litro de água
1 copo de suco de laranja
alecrim e sal a gosto

No dia anterior separe as costelinhas em pedaços. Em uma tigela, coloque a carne o sal e a pimenta, esmague o alho, o alecrim com o molho shoyu e acrescente a carne, misture bem.
Coloque o suco de laranja e deixe a carne mergulhada no marinado. Leve à geladeira e cubra com plástico filme, deixe até o outro dia.
No dia seguinte aqueça a banha em uma panela, preferencialmente de ferro, ou em uma frigideira antiaderente, coloque somente as costelinhas uma a uma, reserve o marinado. Acrescente a água na carne e cozinhe até secar a água, deixe a carne bem dourada
Em seguida coloque a cebola cortada em rodelas e a água do marinado. Cozinhe até engrossar o molho e está pronto. Sirva com mandioca.

Nota: A Panela que estou segurando, foi um presente dado pela minha aluna/amiga Claudia Bicalho. Conheça mais sobre essa marca www.paneladavovo.com.br