Que tal receber seus amigos para uma rodada de queijos ?

85700554Seja para o Clube do Bolinha, assistindo uma partida de futebol ou com casais e amigos, saborear bons queijos, muitas vezes requer cuidados e boa escolha bem criteriosa. Sair somando queijos em uma tábua podem resultar em harmonizações desastrosas e quando incluímos uma bebida mais elaborada, as chances de uma péssima impressão, são garantidas.

Embora encontremos em empórios ou delicatessem tábuas de queijos prontas, na sua maioria diversos tipos são alí colocados. Muitos são misturados não preservando o bom senso entre seus sabores, criando uma confusão sensorial e que, ao agregar um vinho por exemplo, não agrada. Escolher os queijos vai além do seu próprio gosto, lembre-se: você irá servir seus convidados e não voce mesmo. Escolha queijos por equilíbrio, mesmo criando um tour por regiões produtoras, tenha cuidado com os extremos.

Irei indicar o queijo de acordo com a bebida, assim fica mais fácil preparar sua recepção.

 cervejas-e-queijosCervejas

Pouco se imagina que cervejas e queijos harmonizem mas esta teoria que caído. Cervejas cada vez melhores elaboradas, qualidade na fermentação, tudo isso tem ajudado à quebrar este paradigma. A maioria dos queijos podem e devem ser acompanhadas por uma cerveja, basta conhecer e saber escolher.

  • Queijos cremosos (cottage, ricota, mascarpone, catupiry, requeijão): Embora um pouco menos interessante em uma degustação, queijos frescos são mais adequados se servidos aromatizados, com biscoitos ou bolachas salgadas, em canapés. Portanto, você deve escolher uma cerveja leve com sabor delicado e refrescante.
  • Quejios macios (mussarela de búfala, coalho, fetta, ricota): Sabor agradável acompanhadas com cerveja light.
  • Queijos de pasta mole (Cheddar, Monterey Jack, Noyan, Oka e saint-paulin): Podem ser perfeitamente compatíveis com cervejas light. Vão muito bem com cervejas tipo Ale.
  • Queijos duros (gruyére, emmenthal, edam, estepe, reino, massdam, gouda, serra da canastra): boa harmonização quando combinados com uma cerveja escura.

Vinhosqueijos_e_vinhos

Sempre associamos o consumo de vinho com a degustação de queijos, é clássica. Não vamos fugira desta regra. Bons Vinhos + Bons Queijos. Tome bastante cuidado com a escolha do vinho (vinícola, safra e tipo de uva), verifique a qualidade da conservação, características da rolha ao abrir. O mesmo se aplica ao tipo de queijo.

  • Queijos cremosos (cottage, ricota, mascarpone, catupiry, requeijão): Vinhos brancos com acidez alta, de maneira geral, costumam agradar, mas a delicadeza da Chenin Blanc, especificamente da África do Sul ou do Vale do Loire, são os mais indicados.
  • Quejios macios (mussarela de búfala, coalho – cuidado com o índice de sal deste queijo): A maciez e textura dos queijos macios, como a mussarela de búfala, pedem um vinho de corpo médio para baixo e boa acidez, como um Barbera leve ou um Pinot Noir.
  • Queijo de Massa filada (mussarela, provolone, serrano): Conhecemos estes como queijos populares. Os mais salgados, como mussarela e o provolone, pedem por vinhos sem taninos, mas com certo corpo. Um Merlot ou um Chardonnay mais encorpado. Se usar mineiro, é mais difícil de harmonizar. Ligeiramente ácido no palato e salgadinho, pede pelas notas minerais do fortificado espanhol Jerez.
  • Queijos Semiduros (gruyére, emmenthal, edam, estepe, reino, massdam, gouda, serra da canastra): Os mais doces, harmonizam com a acidez característica do Pinot Noir, leve, frutado e cheio de especiarias. Já os queijos edam, estepe e gouda, levemente picantes, são mais indicados para vinhos Astis ou os versáteis Rieslings.
  • Queijos Azuis (gorgonzola, roquefort, azul do bosque): Bem salgados, são bastante apreciados acompanhados com uma taça de vinho do Porto. Mesmo assim podem ser servidos com um Riesling envelhecido ou um Sauternes.

De qualquer forma, experimente muitos queijos. Amplie seu conhecimento sem medo de erra. O mundo dos queijos é enorme e especialmente aqui no Brasil, tem crescido bastante, além de possuirmos queijos de altíssima qualidade.

Uma sugestão de leitura é o livro “Queijos – Toda a Diversidade Desse Versátil Alimento Acompanhada de Receitas Irresistíveis”, Editora Publifolha (160 p.)

download (1)