O Hamburguer de verdade !

1378926432366

O hambúrguer descobriu a América na segunda metade do século XIX, trazido pelas levas de imigrantes alemães embarcados no porto de Hamburgo, razão pela qual seu primeiro nome no Novo Mundo foi hamburg steak. Era uma comida rústica. Os primeiros a apreciá-la nos Estados Unidos foram os marinheiros que aproveitavam a carne entre dois pedaços de pão para mastigar algo enquanto trabalhavam. De fato, deve a sua popularidade às características da sociedade que o acolheu. A partir do início do século, as massas de trabalhadores americanos necessitavam de algum tipo de alimento rápido, prático e barato e – adequado, em suma, ao ritmo da explosão industrial do país. É a partir dos Estados Unidos, o hambúrguer conquistou o mundo. A rodela de uns 50 gramas de carne moída entre duas metades de pão redondo, coberta ou não de queijo, acompanhada ou não de alface e tomate.

Essa febre se espalhou pelo mundo através dos “fast foods” com origem na década de 60. Hoje não possível estipular quantos são consumidos por dia, estima-se em mais de 12 milhões por dia, das mais variadas montagens e ingredientes. (Fonte: Revista Super Interessante)

Hamburger America Completely Revised and Updated EditionPorém tem muito se falado no tal “hamburguer gourmet”. Isso non ecziste!”.

Hamburguer tem que ter corpo, alma e personalidade. Nada de pão sem glúten, molhos suaves, folhas orgânicas. Para George Motz, autor do livro Hamburger America, o autêntico hamburguer de origem americano tem por obrigação ter gordura, peso e sabor próprio de carne !.Eu já vi me deparei com hamburguer de salmão, de peito de pato, vegetariano ! Existem aquelas lanchonetes em que o hamburguer parece um “buffet self-service” dentro de um pão, que mal conseguimos segurar. Uma mistura de sabores que mal dá para reconhecer.

Enfeitar um verdadeiro hambuguer é como comprar uma ferrari e não acelerar para ouvir o ronco do motor com medo de “forçar” a máquina. Basta o pão, gordura, o queijo, a inseparável folha de alface e um bom molho.  Veja  a melhor combinação para uma boa carne de hamburguer:

Blend 1: 500g de miolo de acém, 500 g de peito e 500g de fraldinha + 300g de gordura do peito

Blend 2: 500g de miolo de acém, 500 g de peito e 500g de baby beef + 300g de gordura do peito

observação: 20% de gordura para 1,5kg de carne

 

Não tenha medo de quebrar a dieta. Renda-se ao pecado da gula. Quer dizer ao “pecado do hamburguer”.

Em Aracaju podemos saborear os verdadeiros, saborosos hamburguer com “alma”. O chef Conrado Rufino apresenta seu repertório de receitas no Garage 585, tendo como carro chef o Roadster: Burguer artesanal de 160g, duplo cheddar, alface americana, pickles e barbecue no pão australiano

altAlZmJTlY306qJ8TQMBDYKZW8JoRfyjIfJPoH_ZCHO08iConrado Rufino

Nascido no RS, morou no Centro Oeste, Norte e atualmente vive no Nordeste, pilota uma hamburgeria conceito que une rock, moto e rango chamada Garage 585, onde todos os Burgers se encaixam no conceito da casa, desde o nome até o sabor!

 

 

254463_354912811267690_213038490_n

 

Garage 585

Rua Américo Curvelo, 585 – Grageru, Aracaju – SE, 49025-020
Telefone:(79) 3023-1582