Cozinhar é um dom ? Sim.

homem_cozinha

Muita gente pode pensar que cozinhar está diretamente ligado à técnicas e habilidades adquiridas ao longo do tempo ou em escolas de gastronomia. Eu acredito que não.

Explico.

Sempre acreditei que cozinhar, transformar elementos soltos em um prato harmonizado, com equilíbrio e sabor, necessitaria não apenas das tais habilidades e técnicas mas principalmente de um importante tempero, AMOR.

Cozinhamos com amor.

Um cozinheiro de verdade não está dentro de uma cozinha pelo dinheiro, pelo salário. Por horas e horas, em pé, cansaço, estressado, tudo isso passa quando um prato segue à mesa para o cliente. No final da jornada de trabalho, uma cerveja, um cigarro, pronto, tudo refeito e vamos para um novo dia.

A mãe cozinhando para seus filhos, todos sentados à mesa esperando aquela comidinha saborosa, cheia de ternura, não há como os olhos da mãe brilharem ao ver a alegria dos filhos devorando o prato.

A vovó aos domingos, recebendo filhos e netos, na cozinha desde cedo, preparando as receitas da família onde todos se reúnem e relembram a historia que os unem.

O namorado desajeitado, que para impressionar a amada, passa a semana pesquisando em sites, assistindo programas e tenta naquele sábado à noite, criar um jantar romântico à luz de velas, mesmo que o resultado final no prato não seja tão harmonioso mas o principal ingrediente ele não esqueceu de colocar na panela, AMOR.

AMOR, isso mesmo, sem amor  o alimento fica sem gosto, sem brilho, sem harmonia. Quando não estamos bem, não conseguimos cozinhar com a mesma maestria de sempre, o coração frio não executa. Quando estamos bem com tudo à volta, brilhamos, até um ovo mexido sai saboroso, incrível, porque temos AMOR ao nosso redor.

O dom em cozinhar está intimamente ligado ao seu bem estar, o manter este bem estar é um dom.

Cartaz cozinhar